"Belo romance!” (Moacyr Scliar, da Academia Brasileira de Letras)

"Alexandre Vidal Porto mostra que tem estilo e sensibilidade, contando uma história contemporânea, que instiga e diverte. Matias na Cidade é um ótimo livro, 
para ser devorado rapidamente, digerido aos poucos.” 
(Fernanda Garrafiel, Café Literário, JBOnline)

“A história é muito engenhosa, prendeu minha atenção desde o começo e o final foi surpreendente.”

(Maria Rita Kehl, psicanalista)

“Extremamente bem escrito e bem elaborado.”
(Luiz Alberto Py, psicanalista)  

"A transparência de seu estilo seduz e, ao mesmo tempo, engana, pois a história que conta nada tem de banal. Ao contrário, é misteriosa e sutil,
e envolve o leitor desde a primeira frase." (William McPherson, vencedor do Prêmio Pulitzer por crítica literária e editor fundador do suplemento literário do Washington Post)

“Com um suspense sutil que mantém a curiosidade do leitor da primeira à última página do livro,  Alexandre Vidal Porto nos entrega uma estória contemporânea em forma de pesadelo, onde a insatisfação e o individualismo estão sempre latentes em uma prosa precisa,
direta e, ao mesmo tempo, inquietante.” (Fernando Sáez, Diretor-Executivo, Fundação Pablo Neruda, Chile)

Sobre Matias na cidade

Entrevista à Editora Record (Terciane Alves):

"Confesso que foi uma surpresa prazerosa. Uma companhia e tanto."

Luiz Guilherme de Beaurepaire, Bons livros para ler)

"Matias na cidade é o romance de estreia de Alexandre Vidal Porto. Não parece. É um livro que mostra um escritor com um domínio impressionante de seu material. (...)
As chances de o livro tornar-se um sucesso comercial são evidentes." (Mario Sergio Conti, No Minimo)

"Uma de minhas leituras prazerosas no Ano Velho” 
(Milton Hatoum, Caderno 2, O Estado de São Paulo, 31/12/2005)